0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O conceito de gestão de pessoas é uma associação de habilidades, métodos, políticas, técnicas e práticas definidas, com o objetivo de administrar os comportamentos internos e potencializar o capital humano nas organizações.

A gestão de pessoas ocorre através da participação, capacitação, envolvimento e desenvolvimento de colaboração de uma organização, e a área tem a função de humanizar as empresas. Em uma organização, a gestão de pessoas deve ser feita pelos gestores, porque é uma área que requer capacidade de liderança e ele possui uma grande responsabilidade na formação dos seus colaboradores, e tem o objetivo de desenvolver e colaborar para o crescimento da instituição e do próprio colaborador.

Se as pessoas dentro das organizações tiverem oportunidade de progresso e forem motivadas, elas vão poder dar o melhor delas, originando resultados positivos para a organização em questão. O gestor é fundamental para o planejamento, organização, direção e controle das organizações, ele é o equilíbrio entre a ação e a reação, com ações simples é possível transformar, motivar e engajar os colaboradores em um único objetivo, que com certeza os levará a fazer o trabalho de forma prazerosa e zelosa, pois um colaborador motivado é o que garante a qualidade nas ações desenvolvidas.

Ter uma boa equipe também é fundamental para o desenvolvimento da organização, pois cada vez mais o mercado de trabalho exige dos profissionais a capacidade para trabalhar em equipe, afinal bons resultados dificilmente nascem de ações individuais. Ou seja, saber trabalhar em equipe influencia diretamente na posição a que se pode chegar profissionalmente.

O papel do bibliotecário gestor que visa obter uma liderança de sucesso precisa conhecer de perto as necessidades, o grau de anseio e interesses de cada colaborador, partindo deste pressuposto pretende-se verificar qual o papel do bibliotecário gestor para obtenção de êxito neste processo.

O bibliotecário gestor dentro de uma biblioteca universitária tem que saber enfatizar o trabalho em equipe e capacitar seus colaboradores para que seu usuário possa ver um diferencial prestado nesta biblioteca dispondo de inovação e qualidade de serviços. Por isso os bibliotecários gestores junto com seus colaboradores devem estar unidos por uma missão comum e envolvidos numa tarefa maior do que suas atribuições individuais. Cabe ao bibliotecário gestor assumir uma postura administrativa séria e competente, para o funcionamento principalmente no que se refere à gestão de pessoas. Para uma biblioteca universitária ser bem ativa e bem sucedida precisa-se de profissionais capacitados para que a equipe possa está sempre informada e dar melhor atendimento aos usuários. Ou seja, o bibliotecário gestor precisa capacitar seus colaboradores por meio de treinamentos, cursos, palestras, etc.

O bibliotecário com sua capacidade adquirida em seus estudos e aperfeiçoamentos estarão aptos a desenvolver trabalhos não somente direcionados para a parte técnica, ou seja, ele não realizará apenas atividades de catalogação, classificação, indexação, dentre outras, mas também desenvolverá tarefas gerenciais, como por exemplo, a gestão de pessoas. É importante mencionar que vivemos na sociedade da informação e que as informações estão sempre surgindo rapidamente e para isso o bibliotecário gestor deve estar sempre capacitado, ter habilidades e um bom preparo para gerenciar bibliotecas universitárias.

Diante das constantes e rápidas transformações tecnológicas que estão ocorrendo na sociedade, causando grande impacto na vida das organizações, torna-se necessário a existência de gestores que tenham capacidade de conduzir pessoas nesse ambiente de complexidade e transformação. Para que isso se concretize, é necessário desenvolver nas organizações uma cultura de valorização da liderança como recurso, com o objetivo de possibilitar a transformação organizacional.

As bibliotecas universitárias também estão passando por profundas mudanças em sua maneira de serem gerenciada, pois é necessário acompanhar as novas formas de gestão e adaptá-las para que elas possam desempenhar, da melhor maneira possível, seu papel de atender as necessidades informacionais de seus usuários. É fundamental que os bibliotecários que exerçam papel de gestores observem as mudanças que vêm ocorrendo na sociedade contemporânea, a um ritmo cada vez mais acelerado, o que os obriga a refletirem sobre as mudanças que afetam o gerenciamento das bibliotecas universitárias em que atuam.

Pode-se então perceber um novo fazer bibliotecário: administrar e capacitar pessoas ou procurar pessoas capacitadas. Verifica-se que o passar dos anos se especializar em administração de pessoas será o grande responsável pelo sucesso profissional do bibliotecário, pois este profissional deverá então voltar seu olhar para o lado humanitário, para que este lado fique no mesmo nível de qualidade do tecnicista, que é a marca registrada do bibliotecário.

O desafio do bibliotecário gestor consiste em saber lidar com esses fatores desempenhar bem tanto o trabalho tecnicista como administrativo, fazendo com que eles trabalhem juntos, se adaptando um ao outro. O bibliotecário deve acompanhar as tendências de administração e gestão de pessoas, saber utilizar as ferramentas motivacionais junto aos seus colaboradores, a fim de que possa tomar decisões mais adequadas, pois a teoria constitui-se em um apoio para o processo na prática.

Portanto o bibliotecário gestor precisa ter conhecimentos atualizados e procurar informações para sua capacitação e também para poder capacitar seus colaboradores de acordo com as necessidades que surgem, e até mesmo para se prepararem para as exigências futuras.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comments

comments

Postagem anterior

Financiamento coletivo arrecada verba para construção de biblioteca

Próximo post

Estudantes já ocupam 73 escolas no Rio

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *