0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Conforme noticiado ontem (23) pelo jornalista Lauro Jardim, do Jornal O Globo, o Ministério da Cultura (MinC) decidiu, por meio de um convênio, repassar R$ 1 milhão para que as quatro bibliotecas parque do Rio de Janeiro, pertencentes ao estado, não fechem as portas por falta de verbas.

O dinheiro, segundo o jornalista, não deve garantir plenamente o funcionamento das quatro unidades, localizadas no Centro do Rio, Manguinhos, Rocinha e Niterói.

De acordo a notícia, o Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG) esclareceu, por meio de uma nota, que o custo mensal da Rede de Bibliotecas Parque (unidades Rocinha, Manguinhos, Niterói e Centro) é de R$ 1.750 milhão. Ou seja, R$ 1 milhão deverá garantir o funcionamento das bibliotecas de forma parcial por apenas alguns meses.

Evolução e declínio

A Revista Biblioo mostrou recentemente, por meio de uma reportagem, o processo de ascensão e declínio das bibliotecas parques. Pertencentes ao estado do Rio, as três unidades localizadas no município do Rio estavam sob administração da prefeitura local, assim como a unidade localizada em Niterói estava sob a responsabilidade da prefeitura daquele município.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

O ano do golpe e do retrocesso

Próximo post

As incertezas sobre o futuro das bibliotecas parque

1 Comentário

  1. […] 24 de dezembro de 2016 – Bibliotecas parque do Rio receberão R$ 1 milhão do MinC para manter as po… […]

Deixe uma resposta