7
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A Comissão Permanente de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Câmara Municipal de São Paulo (SP) promove na próxima quinta-feira (19), às 10h, uma audiência pública na modalidade virtual para discutir a possível desativação da Seção de Bibliografia e Documentos da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, localizada no município.

Conforme mostrou a Biblioo, a Seção de Bibliografia e Documentos da Monteiro Lobato, que abriga um importante acervo de memória da literatura infantil e juvenil brasileira, está em risco desde que a Coordenação do Sistema Municipal das Bibliotecas de São Paulo (CSMB), subordinada à Secretaria Municipal de Cultura (SMC), resolveu extingui-la.

O imbróglio começou depois que a direção da Biblioteca, que também abriga um importante acervo do escritor de quem empresta o nome, comunicou aos funcionários, em uma reunião realizada no dia 16 de julho, nas dependências da Biblioteca, que a Seção seria, por determinação da Coordenação do Sistema Municipal das Bibliotecas, desativada e seu servidores seriam transferidos.

Apesar de negar os fatos, a Biblioo apurou que havia de fato uma intenção em desativar a Seção, o que ainda não aconteceu dada a repercussão dos fatos. Na Câmara Municipal de São Paulo pelo menos dois vereadores fizeram pronunciamentos sobre a questão: a vereadora Luana Alves (PSOL/SP) e o vereador professor Toninho Vespoli (PSOL/SP).

Toninho Vespoli, a propósito, foi o autor do requerimento à Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Câmara Municipal de São Paulo para a realização da audiência, que pode ser acompanhada pelo portal da Casa Legislativa palistana ou pelo seu canal no YouTube. Interassados em participar podem enviar manifestação por escito clicando aqui.

Uma petição pública disponível na internet, e hoje com quase 1.400 assinaturas, pede a retomada da Biblioteca como centro de referência da cultura e da cidadania para crianças e adolescentes, bem como a presença de profissionais qualificados e em quantidade adequada para a preservação e gestão dos acervos e para o atendimento ao público e desenvolvimento de ações culturais.

Também está sendo chamado para o próximo segunda-feira, dia 23, às 10h, um abraço à Biblioteca, criada em 1936 juntamente com o famoso Departamento de Cultura e Recreação, presidido à época por Mário de Andrade, seu primeiro diretor.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Anúncios
Postagem anterior

Che vállepe - Bella Vista, Paraguay

Próximo post

O TikTok e a indexação dos seus conteúdos

Sem comentários

Deixe uma resposta