0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Do G1 DF

O Ministério Público vai investigar investigar atraso em obras da Bilblioteca Demonstrativa de Brasília. Segundo o MP, a promotoria de Justiça de Defesa do Meio-Ambiente e Patrimônio Cultural abriu procedimento administrativo na quarta-feira (12) para apurar os fatos.

Fechado desde maio de 2014 por reforma para resolver problemas estruturais, o espaço recebia cerca de 1,5 mil visitantes por dia. O local é considerado pelo promotor Roberto Carlos Batista como espaço “fundamental para difusão da cultura” e o fechamento dele traz prejuízo cultural ao DF.

O MP deu prazo de 30 dias para que a Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Ministério da Cultura forneça informações sobre a reforma da biblioteca. Também mandou que o ministério encaminhe cópia do cronograma da obra.

Em nota emitida pela assessoria do ministério, em maio deste ano, o prazo de vigência da obra expirou em 31 de janeiro de 2015 e não foi possível prorrogá-la. O valor total do contrato é de R$ 794 mil, dos quais já foram gastos R$ 483.228,66, pagos em cinco parcelas.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Carta aberta à prefeita Maura Jorge

Próximo post

Clássico de Graciliano Ramos ganha versão em HQ

1 Comentário

  1. […] O Ministério Público vai investigar investigar atraso em obras da Bilblioteca Demonstrativa de Brasília. Segundo o MP, a promotoria de Justiça de Defesa do Meio-Ambiente e Patrimônio Cultural abriu procedimento administrativo na quarta-feira (12) para apurar os fatos.  […]

Deixe uma resposta