0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O dia internacional de liberdade de imprensa é comemorado no dia 03 de maio. A data celebra o direito dos profissionais de comunicação em investigar e publicar informações de forma livre. Essa data foi criada pela s Organizações das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) em 1993, com o intuito de dar visibilidade e denunciar as torturas e perseguições sofridas por jornalistas

Historicamente foram cometidos crimes contra a liberdade de imprensa, principalmente durante a conjuntura das ditaduras militares dos anos 60 na América Latina. Mesmo com a queda dos regimes autoritários, no cenário das democracias e repúblicas, ataques e crimes contra jornalistas e profissionais de imprensa ainda são recorrentes

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI) registrou um total de 102 casos de agressão a jornalistas no território brasileiro durante as coberturas das manifestações desde junho de 2013. Segundo levantamento da ABRAJI, das 102 agressões, 25 foram cometidas por ativistas e 77 por policiais militares e agentes da Força Nacional. O que comprova que o Estado brasileiro ainda o grande algoz dos crimes cometidos contra profissionais da imprensa no Brasil

Durante as manifestações dos professores no Paraná, na última quarta-feira (29), além de agressões aos profissionais da educação, mais cinco jornalistas foram alvejados pelo despreparo e violência policial, dentre eles, o cinegrafista Luiz Carlos de Jesus, da Band, foi ferido na perna por um cachorro pitbull da Polícia Militar do Paraná

Foto: Reprodução/Band
Foto: Reprodução/Band

Em nota a ABRAJI se colocou contra a violência cometida pelas forças policiais do estado do Paraná e cobrou medidas das autoridades para que fatos como esses não se perpetue: “A Abraji mais uma vez protesta contra o emprego de violência desmedida pela Polícia do Paraná e cobra ação dos governantes do Estado para que esse quadro não se perpetue”.

Em entrevista ao programa Diálogos com Mario Sérgio Conti na Globo News, o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, criticou a postura das forças policiais do estado do Paraná e utilizou a frase: “não podemos bater em quem educa os nosso filhos”.

Neste dia Internacional de Liberdade de Imprensa esperamos novas posturas que de fato venham a garantir e consolidar a liberdade de imprensa e o direito pleno de investigar e publicar.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Dia do trabalho 2015

Próximo post

Biblioteca Demonstrativa de Brasília

Sem comentários

Deixe uma resposta