0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Acontece no próximo dia 02 um seminário em comemoração aos 110 anos Biblioteca Carvalho de Mendonça, que pertence à Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FDN/UFRJ). Conforme informação da bibliotecária Maria de Fátima Madruga, responsável pela instituição, o objetivo do seminário é comemorar a criação da Biblioteca com a presença de ilustres convidados.

Biblioteca Carvalho de Mendonça. Foto: bibliodireitoufrj.blogspot.com.br.
Biblioteca Carvalho de Mendonça. Foto: bibliodireitoufrj.blogspot.com.br.

O evento contará com um painel cujo título é: “A importância das bibliotecas na formação científica e humanista à sociedade”. Dentre os convidados estão Francisco Amaral, ex-diretor da FND, o desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, que é ex-aluno da FND e presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ) e Paula Cotta de Mello, coordenadora do Sistema de Bibliotecas e Informação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (SiBI/UFRJ).

A sessão comemorativa contará com a presença do reitor da UFRJ, professor Roberto Leher; do decano do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas, professor Vítor Mário Iório; do diretor da Faculdade Nacional de Direito, professor Flávio Alves Martins; da coordenadora do SiBI, Paula Mello e da bibliotecária Fátima Madruga.

Na parte da tarde haverá uma palestra com o título “Bibliotecas públicas e mudança social”, proferida pelo professor titular da Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Ciências da Comunicação, Luiz Augusto Milanesi.

O evento está direcionado à comunidade acadêmica da universidade: servidores técnico-administrativos, alunos, professores dos cursos de Direito e de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação, assim como de outras universidades do estado do Rio de Janeiro e juristas.

Histórico da Biblioteca

Em 18 de abril de 1882, foi criada a Faculdade Livre de Sciencias Jurídicas e Sociaes. Esta faculdade fundiu-se com a Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro, em 1920, passando então a denominar-se Faculdade de Direito do Rio de Janeiro. Com a criação da Universidade do Brasil (antigo nome da UFRJ0, a faculdade foi incorporada a mesma, passando a se chamar Faculdade Nacional de Direito.

A história da biblioteca confunde-se com a história da própria Faculdade, pois ela foi criada já em 1905, por iniciativa de Arnaldo Guinle, ex-aluno, que doou livros e estantes. Foi inaugurada com vários discursos. Deste início incipiente resultaria a biblioteca da Faculdade Livre de Sciencias Jurídicas e Sociaes, que leva o nome de Carvalho de Mendonça, um civilista.

A Biblioteca Carvalho de Mendonça possui um acervo expressivo, coletado ao longo destes 110 anos, funcionando como centro das pesquisas realizadas no âmbito da faculdade, atendendo toda sorte de consultas, da graduação e pós-graduação, e também ao público externo que, na falta de instrumentos de pesquisa, procura a Biblioteca para que preencher lacunas e complementar suas pesquisas.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!
Post anterior

Funcionários do CRB7 contestam versão apresentada sobre o fim da greve

Próximo post

Beethoven Lima e Cristiane Rodrigues

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − oito =