0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por intermédio do seu Sistema de Bibliotecas e Informação (SiBI), está fazendo uma campanha com o objetivo de arrecadar livros, periódicos e outros itens para recompor a Biblioteca Francisca Keller, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) do Museu Nacional, destruído em um incêndio no último domingo (2).

A Biblioteca contava com mais de 37 mil volumes, entre obras de referência, livros, periódicos, teses, dissertações, entre outros materiais. Segundo Paula Mello, que é coordenadora do SiBI/UFRJ, esta é a única biblioteca do Museu que pode ser recriada, embora diferente da original, uma vez que contemplava apenas acervo corrente. As obras raras da instituição estão localizadas em uma outra biblioteca, também localizada na Quinta da Boa Vista.

“Também estamos buscando imagens digitalizadas de documentos pertencentes a essas unidades de informação, que foram utilizados por pesquisadores nacionais ou internacionais. Se souberem de alguém que se encaixe nesse perfil, por favor tentem resgatar alguma coisa. Podem utilizar a rede de seus usuários solicitando isso”, apelou a bibliotecária.

Quem quiser e puder ajudar, deve contactar o Sistema de Bibliotecas, por meio de sua coordenadora, no seguinte email: [email protected]

Manifestantes protestam próximas às ruinas do Museu um dia após o incêndio que destruiu a instituição bicentenária. Foto: Chico de Paula / Agência Biblioo

Aniversário sob luto

O Museu Nacional será tema da plenária dos 98 anos da UFRJ, que acontece nesta quinta-feira (6), às 10h, na Quinta da Boa Vista, no Rio. De acordo com informe oficial da instituição, a plenária pública objetiva alertar as forças democráticas do país sobre a importância dos espaços culturais e da memória do Brasil diante da perda imensurável devido ao incêndio que destruiu uma das instituições museológicas mais importantes do país.

“O evento discutirá a preservação do patrimônio, a liberdade de pensamento e a criatividade científica como valores a serem defendidos e mantidos com autonomia e financiamento permanentes”, diz o chamado.

Serviço

Evento: Plenária Pública da UFRJ em Defesa do Museu Nacional e da Universidade.

Dia: 6/9, às 10h

Local: Em frente ao prédio do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Museu Nacional: notas do dia primeiro, depois do fim

Próximo post

Crônicas de uma andarilha pós-Idade Média - Parte 5