0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Por Rede Brasil Atual

Começou na segunda-feira (12/09) a 2ª Festa Literária da Zona Sul (Felizs). Com saraus, oficinas, conversas literárias, intervenções musicais, dentre outras atrações, o evento leva cultura para praças, escolas municipais, CEUs, bibliotecas públicas, associações e casas de cultura da região do Campo Limpo, na capital paulista, até o próximo dia 23.

A coordenadora da Felizs lembra que a feira surgiu a partir do Sarau do Binho, que ocorre na região há oito anos, e continua crescendo. No ano passado, a feira foi realizada em apenas um dia. Neste ano, serão duas semanas de programação.

“Esse ano, a gente vem com a segunda edição, trazendo duas semanas de atividades intensas, com oficinas, intervenções musicais, conversas literárias, falando sobre literatura, mas também falando de outras linguagens artísticas”, conta Fabiana, em entrevista nos estúdios do Seu Jornal, da TVT.

A segunda edição da Felizs presta homenagem a Raquel Trindade, ativista da cultura negra conhecida como Kambinda, que foi artista plástica, poeta, dançarina e coreógrafa, e, em 2016, completou 80 anos de idade e 60 de carreira.

A festa literária conta também com a presença de autores estrangeiros, como o poeta angolano Mpanzu, e o escritor angolano Lupito Feijó, que vão falar sobre a literatura africana nos países de língua portuguesa. Lucia Teninna, da Argentina, fala sobre as pesquisas relacionadas à literatura da periferia na América Latina, dentre outras atrações.

Confira a programação completa em felizs.com.br

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Rádio Nacional completa 80 anos

Próximo post

2ª Feira do Livro Sesc de Blumenau ocorre de 27 de setembro a 1º de outubro

Sem comentários

Deixe uma resposta