0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+
Você tem ideia de quanto a habilidade de comunicação contribui para o posicionamento de sua carreira? Este não é um artigo publicitário, embora eu acredite que “vender” uma boa imagem profissional seja uma ação muito importante nos dias de hoje. Mas, para ser visto como um comunicador assertivo – aquele que alcança os resultados desejados – você precisa ir além de apenas se autopromover.

Nesse processo de sair da zona de conforto, quando o assunto é comunicação, a grande dificuldade das pessoas é justamente mudar o modelo mental em relação ao desenvolvimento da própria habilidade de se comunicar com eficácia.

Por ser uma ação naturalmente desenvolvida pelos seres humanos, a comunicação em diversas esferas apresenta um caráter muito intuitivo e, por vezes, até irracional, no sentido de que muitos profissionais não pensam sobre o público-alvo, não planejam o conteúdo, e muito menos elegem a melhor estratégia para transmitir uma mensagem eficaz.

É claro que um bom profissional precisa ter conhecimentos técnicos e uma série de competências para desempenhar suas funções. Mas, sem se comunicar bem, é muito difícil que prospere na carreira, exceto em postos de trabalho em que não haja necessidade relacionamento com outros seres humanos. Do contrário, a grande maioria das pessoas precisa saber lidar com gente!

No senso comum, lidar com gente é conversar, sair para um encontro de negócios, bater papo com colegas de trabalho no cafezinho. Não se trata apenas disso, mas lidar com pessoas está relacionado a saber usar técnicas de empatia numa conversa difícil; desenvolver a escuta genuína em situações corriqueiras, a usar perguntas de esclarecimento para elucidar informações cruciais, ter um bom português etc. Enfim, ser uma pessoa que constrói sua carreira de maneira planejada e consciente.

Norm Fjeldheim, CIO da Qualcomm – empresa americana reconhecida mundialmente na área de tecnologia e inovação – é enfático ao alertar sobre a importância da comunicação para a carreira: “Mesmo que você tenha um ótimo conhecimento técnico, sua carreira não avançará se não souber se comunicar. Na verdade, quanto maior sua habilidade de comunicação, mais longe você irá. Embora a tecnologia mude com o tempo, saber se comunicar bem sempre será valioso.”

De acordo com um estudo da Office Team, a tecnologia expõe a capacidade de comunicação das pessoas. Um e-mail, por exemplo, pode dar uma visibilidade em proporções virais a um remetente desatento. Da mesma maneira, mensagens de áudio e vídeo, usadas a todo instante, revelam o quanto o usuário sabe se comunicar.

Entretanto, existem práticas simples, e ao mesmo tempo eficazes, na hora de enviar uma mensagem a alguém: pensar em como atingir aquela pessoa e receber uma resposta favorável; perguntar a si mesmo se não seria melhor falar pessoalmente, dependendo do assunto; reler o texto pelo menos duas vezes para “enxugar” as palavras e verificar realmente se o conteúdo está claro, bem escrito e se surtirá o efeito desejado!

Por fim, não custa lembrar: a comunicação tem tudo a ver com a sua carreira, independente da empresa em que atua ou do cargo que ocupa. E mais! É a partir dessa habilidade que as pessoas vão avaliar se você é ou não um profissional assertivo.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Aldo Barreto, professor e pesquisador

Próximo post

I Fórum Internacional de Direito do Entretenimento

Sem comentários

Deixe uma resposta