1
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais está realizando um levantamento para mapear as bibliotecas comunitárias de Minas. O intuito dessa pesquisa é levantar dados para serem usados nas ações de leitura da região, como também na implementação do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas de Minas Gerais.

Um dos objetivos do mapeamento é levantar informações acerca da localização geográfica das bibliotecas comunitárias de Minas Gerais, como também, informações sobre o funcionamento e contato dos responsáveis por esses espaços de leitura.

Qualquer cidadão pode participar e contribuir para o mapeamento, basta apenas conhecer alguma biblioteca comunitária localizada em Minas Gerais e responder as perguntas do formulário do mapeamento das bibliotecas comunitárias da região mineira.

Para maiores informações leia a entrevista de Cleide Fernandes, diretora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Minas Gerais, concedida ao site da Câmara Mineira do Livro:

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais está realizando o mapeamento de Bibliotecas Comunitárias de Minas Gerais. Qual a importância deste mapeamento?

Por serem iniciativas da sociedade civil, sem ligação formal com o poder público, não há uma sistematização das informações sobre as bibliotecas comunitárias em Minas. É importante conhecer quantas e quais são essas iniciativas de democratização do acesso ao livro para que sejam planejadas políticas públicas para este segmento, principalmente agora que estamos trabalhando na elaboração do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas de Minas.

Qual o objetivo do mapeamento?

O objetivo é localizar geograficamente as bibliotecas comunitárias de Minas para que sejam levantadas informações sobre seu funcionamento e contato com as pessoas responsáveis.

Quem pode participar? Como é feito o mapeamento?

Todo cidadão que conhecer uma biblioteca comunitária pode responder ao levantamento. São perguntas simples, como município,  nome da biblioteca e contato de pelo menos um responsável pela biblioteca. Faremos contato posterior para solicitar informações mais completas.

Quais as principais dificuldades enfrentadas até agora pelo mapeamento?

A divulgação é sempre a maior dificuldade. Minas Gerais é do tamanho de um país e fazer com que a informação circule em todos os municípios é muito difícil.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Bênção Ácida

Próximo post

Trabalhadores e estudantes se unem em ato contra a PEC 241 no Rio

Sem comentários

Deixe uma resposta