3
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), informou que a Biblioteca Municipa Monteiro Lobato vai reabrir para atendimentos ao público nesta segunda-feira (23), passando a funcionar de 2ª a 6ª feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 10h às 17h, seguindo o cronograma de reabertura gradual dos equipamentos da Secretaria.

De acordo com a SMC, a reabertura terá como novidade uma nova sala de leitura voltada completamente para a primeira infância, e dividida por faixa etária, de 0 a 3 anos e de 4 a 6 anos de idade. Com a reabertura da Biblioteca, o seu Digilab infanto-juvenil também será reaberto.

O anúncio ocorre em meio a polêmica sobre a possível desativação da Seção de Bibliografia e Documentos da Biblioteca. Conforme mostrou a Biblioo, a Coordenação do Sistema Municipal das Bibliotecas de São Paulo (CSMB), subordinada à SMC, resolveu extinguir a Seção que abriga um importante acervo de memória da literatura infantil e juvenil brasileira.

O imbróglio começou depois que a direção da Biblioteca, que também abriga um importante acervo do escritor de quem empresta o nome, comunicou aos funcionários, em uma reunião realizada no dia 16 de julho, que a Seção seria, por determinação da Coordenação do Sistema Municipal das Bibliotecas, desativada e seu servidores seriam transferidos.

Apesar de negar os fatos, a Biblioo apurou que havia de fato a intenção em desativar a Seção, o que ainda não aconteceu dada a repercussão dos fatos. Na semana passada o Jornal Estado de São Paulo publicou uma reportagem na qual informa que a SMC instaurou um procedimento legal interno para apurar como surgiu a informação sobre a desativação da Seção.

Também nesta segunda-feira (23), manifestantes vão realizar, a partir das 10h, um abraço à Biblioteca, criada em 1936 juntamente com o famoso Departamento de Cultura e Recreação, presidido à época por Mário de Andrade, seu primeiro diretor. Na internet, uma petição pública pede a retomada da Biblioteca como centro de referência da cultura e da cidadania para crianças e adolescentes.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Anúncios
Postagem anterior

A "inadequeação" linguística de Carolina Maria de Jesus

Próximo post

Bibliotecário promove seminário para jovens que estejam iniciando seus empreendimentos

Sem comentários

Deixe uma resposta