0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Entre poetas, escritores, livros e leitores a cidade de Paraty, localizada no litoral sul do estado do Rio e que este ano abriga sua 13ª Festa Literária Internacional (Flip), se viu tomada por bichos baseados em desenhos recolhidos nas tribos do Rio Negro pelo antropólogo Theodor Koch Gümberg em 1905, junto com os mitos que inspiraram Macunaíma, obra máxima de Mário de Andrade, o grande homenageado deste ano na Flip.

Tartaruga, jacaré e lagarto coloridos e iluminados encantam quem transita pelo famoso Centro Histórico da cidade de ruas calçadas de pedras irregulares.

Não muito longe dali, o Polvo Poético do Grupo Sensos convida os turistas a se envolverem com a poesia declamada.

Abaixo algumas imagens do segundo dia da Festa Literária mais famosa do Brasil:

O Polvo Poético destila poesia nos visitantes da Flip. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
O Polvo Poético destila poesia nos visitantes da Flip. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
A tartaruga é uma das atrações preferidas das crianças. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
A tartaruga é uma das atrações preferidas das crianças. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
Um lagarto flutua sobre a noite de Paraty. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
Um lagarto flutua sobre a noite de Paraty. Foto: Ciça Oliver/Agência Biblioo
Um jacaré colorido nas ruas de Paraty. Foto: Lúcia Cardoso/Agência Biblioo
Um jacaré colorido nas ruas de Paraty. Foto: Lúcia Cardoso/Agência Biblioo
Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Professores municipais de SP terão acesso a pós-graduação em direitos humanos

Próximo post

Babá, vereador pelo Psol do Rio

Sem comentários

Deixe uma resposta