0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

O que mais nos surpreenderá é nosso grau de dependência do que a Máquina [Super Computador Mundial] sabe sobre nós e sobre o que queremos saber. Já achamos mais fácil procurar nos lembrar alguma coisa no Google uma segunda ou terceira vez do que procurar nos lembrar nós mesmos. Quanto mais ensinamos esse megacomputador, tanto mais ele assumirá a responsabilidade por nosso saber. Ele se tornará nossa memória. Depois se tornará nossa identidade. Em 2015, muita gente, quando estiver divorciada da Máquina, se sentirá esquisita, como se estivesse sofrido uma lobotomia. (KELLY, Kenvin apud CARR, Nickolas, 2008).

Muito foi noticiado pelos meios de comunicação em 1999 sobre a possível falha nos computadores com a virada do milênio, que ficou conhecido como o Bug do Milênio (erro de programação ou defeito na execução de um software devido ao formato de 2 dígitos para ano com a mudança do ano 2000). Graças aos profissionais de sistema nada disso aconteceu. Foram apenas especulações.

Em 10 de abril de 2013, houve um colapso em boa parte dos computadores aqui no Brasil, ocasionado por uma atualização do Windonws 7 da Microsoft. A atualização foi no pacote KB2823324, realizada no dia 09 de abril, e que levou bastante tempo para ser concluída. Após isto, os computadores não inicializavam mais.

Antes de uma solução ser apresentada pela empresa aos seus clientes, em alguns sites voltados para tecnologia, usuários relatavam seus problemas, havendo trocas de informação e experiência, pois alguns destes já apresentavam possíveis soluções. Eu fui uma das usuárias que sofreu este transtorno com a atualização do sistema, trocando informações com colegas e frequentando tais sites através do notebook. Enquanto isto, muitas dúvidas surgiram na minha cabeça: o que realmente havia acontecido? Será que perdi todos os meus arquivos? Quando foi a última vez que realizei os backups? Creio que tais dúvidas eram de muitos.

Infelizmente, as soluções apresentadas nos sites não serviram para o meu computador pessoal. Tive que aguardar uma posição da Microsoft disponibilizada em sua página no Brasil, no dia 12, com algumas soluções e um canal direto com a empresa, onde os usuários deveriam entrar em contato.

Ao contatá-la, percebi o quanto estava difícil (a espera foi enorme). O atendimento foi realizado por mexicanos de modo paciente, após várias tentativas para solucionar a questão. Ao todo, foram necessárias 4 horas (entre aguardar e ser atendida – com o computador e o notebook, pois foi necessário o uso da câmera e a realização do atendimento remoto). Após tudo isto, o computador voltou a funcionar perfeitamente sem haver nenhuma perda (só a de tempo mesmo).

Este fato mostrou de imediato o quanto os nossos computadores estão vulneráveis a possíveis perdas (não só através de vírus e de invasões desconhecidas, mas também com as atualizações). Demonstrou a importância de estarmos fazendo cópias de arquivos (seja através de e-mails, de sites, de pen-drives ou em discos rígidos externos). Nesta hora, sejam arquivos pessoais, acadêmicos e profissionais, são todos de grande valor. Também ficou evidente mais uma vez a importância da troca de informações pelos usuários nas redes sociais (apresentando possíveis soluções para a falha no sistema), onde estes foram mais rápidos que a empresa e acabaram realizando um “trabalho voluntário” para a Microsoft.

O autor Nickolas Carr (2008), em seu livro A grande mudança: reconectando o mundo, de Thomas Edison ao Google, aborda essa questão do “trabalho voluntário” nas redes sociais, entre outras que através deste fato me lembraram como a terceirização da mão-de–obra de outros países (no caso o México), de como a nossa vida está cada vez mais presa ao Super Computador Mundial (a Internet), além da utilização de serviços gratuitos na rede. Para quem curte tecnologias (a história destas que transformaram a sociedade) e fica pensando no futuro, é um bom livro a ser lido.

Por fim, afirmo que estes dias entraram para a História da Informática no Brasil onde a Microsoft teve que pedir desculpas para seus clientes brasileiros.

 Título: A grande mudança: the big switch

ISBN: 978-85-7775-066-5

Editora: LANDSCAPE EDITORA

Ano Edição: 2008

Total de Páginas: 232

 

 

 

 

.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Empreendedores da Informação

Próximo post

Biblioteconomia e futebol

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *