Quem somos

Biblioo é um site de notícias da área do livro, leitura e bibliotecas. É também uma revista trimestral sobre os mesmos temas. Produzido pela Agência Biblioo Publicações e Comunicação, tem como missão possibilitar a troca de experiências e o compartilhamento de informações e conhecimentos acerca do que temos chamado de Cultura Informacional.

Além da equipe de redação e criação, são responsáveis pelo conteúdo uma equipe de colaboradores fixos e eventuais de diversas regiões do país. O desenvolvimento deste conteúdo se dá de forma colaborativa, estando o espaço franqueado a todos os interessados.

Vale dizer que por ser um espaço que pretende ser democrático, a Biblioo publica opiniões diversas, mesmo aquelas que não coincidem com as dos seus editores. Isso garante maior pluralidade e diversidades de visões, contribuindo para o amadurecimento democrático no que se refere aos temas do escopo da publicação.

Leia um breve histórico do projeto ao longo dos anos

Histórico da Biblioo

2010

No início era a ideia que logo se materializaria. Estudantes de biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) pensam em uma forma mais ativa de militar no mundo das ideias. A solução encontrada foi desenvolver uma revista eletrônica que de um lado promovesse a atividade dos bibliotecários junto à sociedade e de outro garantisse uma fonte de informação a estudantes e profissionais da área. Mas faltava experiência e o projeto demoraria um pouco a sair do papel.

2011

Preliminarmente pensada sob o título de “Cultura B”, a publicação assume o título de “Biblioo”, nome do blog desenvolvido pela estudante de biblioteconomia da UNIRIO, Hanna Gledyz, que atualmente desenvolve a função de editora de criação da revista. O sonho se realizaria em junho com uma edição simples finalizada durante a madrugada. Na capa, a Revista Biblioo trazia uma matéria sobre a lei da biblioteca escolar e a primeira parte de uma extensa entrevista concedida à publicação por Edson Nery da Fonseca em sua casa em Olinda, Pernambuco. Desenvolvida sob a batuta da Biblioo Publicações, a editora viria a existir formalmente tempos depois.

2012

Em parceria com o Grupo de Informação e Documentação Jurídica do Rio de Janeiro (GIDJ), Contempory Informática e Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ), a Revista Biblioo organizou o V Seminário de Informação e Documentação Jurídica do Rio de Janeiro. O evento teve repercussão muito positiva, projetando-se desde logo edições futuras. No mesmo ano, em virtude de uma reformulação interna e ajustes técnicos, a Bibioo fica fora do ar de agosto a novembro. Em novembro de 2012 a Biblioo retoma suas atividades completamente reformulada. Visual e conteúdo ganham novidades com novo layout e novas seções. Novos colunistas passam a integrar o time de colaboradores e a logomarca ganha novo formato. Dentre as novidades desta etapa estão a versão diagramada da Revista que pode ser adquirida pelos leitores na loja e a TV Biblioo que passa a trazer conteúdos em vídeos.

2013

A Revista Biblioo passa a integrar a Nuvem de Livros, biblioteca virtual da Gol Mobile com mais de 1 milhão de usuários. Institucionalizada, a Biblioo Publicações, editora da Revista Biblioo, passa a existir formalmente. Tendo editada a Revista desde o princípio, a editora se lança no desafio de editar outras publicações e em parceria com a comissão organizadora do XIII Encontro de Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência e Gestão da Informação das regiões Sudeste e Centro-Oeste (EREBD SE/CO) publica os anais do evento e o distribui gratuitamente em sua loja virtual.

2014

Em março a Revista Biblioo publica seu primeiro caderno especial. Intitulado “Livros & Ideias: censura no regime militar brasileiro”, a edição contou com reflexões de diversos colaboradores sobre os anos de chumbo, sobretudo no que se refere a uma de suas facetas mais nefastas: o controle da circulação das informações e ideias, sobretudo aquelas materializadas em livros e outros documentos. Lançada a Agência Biblioo, cujo propósito é realizar trabalhos editoriais, educacionais e de internet alinhados com os propósitos e identidades do cliente. No portfólio, trabalhos importantes como o desenvolvimento do site do Grupo de Informação e Documentação Jurídica do Rio de Janeiro (GIDJ). Em dezembro a Agência Biblioo lançou seu segundo caderno especial. Intitulado “O Museu da Maré Fica!”, a publicação mostra a situação do Museu da Maré, espaço cultural popular localizado na Zona Norte do Rio que sofria uma ameaça de despejo.

2015

Em maio a Agência Biblioo promove a cobertura jornalística do Bibliocamp, uma desconferência que vem sendo realizada por bibliotecários desde 2011. Realizada na Biblioteca Parque Estadual do Rio, o evento reuniu grandes nomes da biblioteconomia brasileira e também profissionais de outras áreas. Em junho a Agência Biblioo realiza a primeira edição do Seminário Diálogos Biblioo que recebeu o título: “Lei da Biblioteca Escolar: houve avanços em seus cinco anos de existência?” Realizado no auditório Mário Lago da unidade do Colégio Pedro II de São Cristovão, no Rio, contou com a participação de bibliotecários, professores, pesquisadores e interessados pelo tema. Em julho a Agência Biblioo realiza a cobertura jornalística do IV Fórum Brasileiro de Bibliotecas Públicas realizado em paralelo com a vigésima sexta edição do Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD), na cidade de São Paulo. Organizado pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP), a quarta edição do fórum teve como temática principal: “Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade”. Em novembro a Agência Biblioo faz a cobertura jornalística da 33ª edição do Painel de Biblioteconomia de Santa Catarina, realizado na cidade de Joinville. O evento versou sobre o seguinte tema: “Além das paredes das bibliotecas: evolução e atuação bibliotecária nos últimos 40 anos”. Em dezembro a Agência Biblioo realiza a cobertura jornalística do I Encontro Internacional Território Leitor promovido pelo Ministério da Cultura e pela então Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) e realizado no Senado Federal, em Brasília. O Evento discutiu políticas, ações e iniciativas voltadas para área do livro e da leitura. Ainda em dezembro o conteúdo produzido pela Agência Biblioo passa a integrar também a Árvore de Livros, uma das maiores plataformas de leitura digital do país.

2016

Em março a Agência Biblioo lança seu primeiro livro. A publicação “Tópicos em Biblioteconomia e Ciência da Informação: epistemologia, política e educação”, de autoria do professor e bibliotecário Jonathas Carvalho, circula pelo país. A obra serve de instrumento de reflexão aos estudantes, profissionais e acadêmicos acerca do papel do bibliotecário em nossa sociedade. O livro está sendo comercializado na loja da Biblioo. Em junho, como parte das comemorações dos seus cinco anos, a Revista Biblioo realiza a segunda edição do Seminário Diálogos Biblioo. Com temática voltada para o debate em torno do papel dos bibliotecários acerca dos direitos autorais, o evento foi realizado na Biblioteca Parque Estadual do Rio (BPE) e contou com a participação de bibliotecários, profissionais, pesquisadores e estudantes. Durante o II Seminário Diálogos Biblioo também foi lançada a terceira edição do Caderno Especial que tem como título: “Direitos autorais: o que os bibliotecários têm a ver com isso?”. Com conteúdo voltado para a temática dos direitos autorais, o caderno especial tem reportagens, entrevistas com bibliotecários e pesquisadores e artigos elaborados pelos bibliotecários Briquet de Lemos e Moreno Barros. Tanto a versão impressa, como a virtual dessa publicação estão sendo comercializadas na loja da Biblioo. Em agosto a Agência Biblioo lança seu segundo livro. A publicação “Empreendedorismo na Biblioteconomia” tem organização da professora e pesquisadora Daniela Spudeit e reúne capítulos oriundos de experiências e ações das atividades de extensão e ensino de cursos de graduação e pós-graduação. O livro está sendo comercializado na loja da Biblioo. Ainda em agosto a Agência Biblioo fez a cobertura jornalística do primeiro Fórum de Inovação e Empreendedorismo na Biblioteconomia, realizado na Biblioteca de São Paulo, localizada no Parque da Juventude, na Zona Norte da cidade. Idealizado por bibliotecários de diferentes regiões do país, o evento buscou identificar e compartilhar experiências e práticas profissionais. Em novembro a Agência Biblioo publicou seu primeiro livro infantil que recebeu o título de “O caracol que queria ser uma bicicleta”. A história do livro foi construída a partir da vivência do autor, Paolo Vittoria, e sua filha, Elisa Vittoria. As ilustrações da obra são de autoria do saudoso ilustrador e artista plástico, Gilvan Vieira. O livro está sendo comercializado na loja da Biblioo.

2017

Em 2017 a Biblioo se lança ao desafio de continuar produzindo conteúdo de qualidade ao mesmo tempo sobreviver. Para isso reformula sua cara e sua forma de abordar e disponibilizar a informação. O carro-chefe passa a ser o site, atualizado agora apenas com conteúdo exclusivo. A Revista para a ser trimestral.

Publique na Biblioo. Dissemine suas ideias.


Expediente

EDITOR CHEFE
Chico de Paula
bibliotecário e jornalista

EDITORA DE COMUNICAÇÃO E CRIAÇÃO
Hanna Gledyz
bibliotecária e jornalista

EDITOR ADJUNTO
Rodolfo Targino
bibliotecário e jornalista

REVISORES
Vanessa Souza
bibliotecária

AGENDA
Daniele Fonseca
bibliotecária

TRANSCRIÇÕES
Pamela Gomes
graduanda em Biblioteconomia

COLUNISTAS
Agulha
boneco de retalhos

Aline Melo
pedagoga

Briquet de Lemos
bibliotecário, professor e editor

Claudio Rodrigues
professor e escritor

Edilmar Alcantara
bibliotecário

Jonathas Carvalho
professor e pesquisador

Luciana Rodrigues
bibliotecária

Mara Vanessa Torres
jornalista

Marília Cossich 
bibliotecária

Moreno Barros
bibliotecário e pesquisador

Soraia Magalhães
bibliotecária e pesquisadora

Wander Filho Pavão
bibliotecário e ativista