Publicações recentes

Começa o maior evento de livro e leitura do país Ela é bienal, muito embora os amantes do livro e da leitura não se importassem se ela fosse anual. É claro que estou …

Quando pensamos em Bienal do Livro a imagem que imediatamente nos vem à mente é dos best-sellers. Mas a Bienal não reserva espaço só para os “grandes escritores”, mas para os “pequenos” também. …

Dilma disse que é preciso ainda estimular leitura de livro digital Por Nathalia Passarinho do G1 A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (1º) que pretende lançar um programa para garantir a venda …

É da autoria de Mona Cleide Quirino da Silva, do curso de Biblioteconomia da Ufal, o TCC que recebeu o Prêmio “Carminda Nogueira de Castro”, como melhor TCC da área em nível nacional.

Usei livros de Química de nível médio para explicar conceitos da área, para que servem e suas funções em relação à sociedade.

Popularmente conhecidos como “bonequeiros”, Cícero e Ceiça se consideram artesãos por inspiração de seus pais e pretendem manter essa cultura viva.

Mensagem dos professores aos profissionais, estudantes e entusiastas da Biblioteconomia pelos 100 anos da Biblioteconomia no Brasil.

“Já nascemos praticamente artistas porque é uma cultura que vem de pais para filhos. Meu pai era escultor, minha mãe e avó faziam chapéus traçados com palha de carnaúba”.

“Bem, eu acho que os meus livros, menos do que histórico, eles são de extração histórica. Isso significa que a história entra como pano de fundo”.

Namore uma garota que gasta seu dinheiro em livros, em vez de roupas. Ela também tem problemas com o espaço do armário, mas é só porque tem livros demais.
COMPARTILHAR

Biblioo – Cultura Informacional