3
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Cururu e Siriri, música e dança, respectivamente, são manifestações culturais de Mato Grosso. De origem indígena, estas tradições são mais populares nas zonas rurais e ribeirinhas naquele estado, tendo sido passados de geração para geração, de pai para filho.

As manifestações deram origem ao documentário “Cururu e Siriri: tradição no coração” (9m e 21s) dirigido por Rafael Irineu, estudante de Comunicação Social da Universidade Federal do Mato Grosso, o que lhe rendeu o primeiro lugar no Congresso de Ciências da Comunicação. A produção irá representar a região centro-oeste na etapa nacional, em setembro, no Rio.

“A proposta foi mostrar como a identidade cultural, mesmo em certa crise pela modernidade, ainda é conservada”, explica Irineu.

Com forte ligação a religião, esclarece Irineu, “o nome Cururu veio da dificuldade da pronuncia da palavra ‘cruz’ pelos índios, e o Siriri veio da dança que o pássaro ‘Sabia’ faz em círculos, abanando as assas”.

Assista abaixo o documentário:

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

I Seminário Diálogos Biblioo

Próximo post

Livros Interativos para Adultos

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *