0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Muitas mães acham perda de tempo ler para os bebês, pois eles ainda não aprenderam a falar. Mas não há idade para dar início à educação infantil, para a formação do leitor. Especialistas dizem que durante a gestação, a partir dos quarto meses, quando o bebê já pode ouvir, o ato da leitura pela mãe, já é o primeiro passo, pois ao nascer esta leitura pode ser intensificada.

A partir da vigésima semana de gestação o aparato neurofisiológico auditivo já está pronto para receber vibrações sonoras, este é o melhor momento para a mãe conversar mais vezes com o feto, colocar músicas para ele ouvir. Segundo especialistas, é possível que depois do nascimento, o bebê reconheça as vozes que ouviu durante a gestação. A comunicação entre a mãe e o bebê é importante, seja contando histórias, falando, cantando, entre outros estímulos, pois pesquisadores comprovaram que os cinco sentidos estão desenvolvidos antes do nascimento.

É importante estimular o desenvolvimento cognitivo, a memória, a atenção, concentração, contato com a realidade, agilidade motora, linguagem, expressão corporal, interação social, motivação e o emocional da criança.

A “Musicoterapia” pode ser aplicada durante a gestação. Também pode ser utilizada com as crianças que apresentam déficit de atenção/hiperatividade, déficit de aprendizado, portadoras de deficiência física e mental, distúrbios alimentares, dentre outros problemas.

Leia o texto completo na edição 42 da Revista Biblioo. Clique aqui e adquira em nossa loja virtual.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Edição 42

Próximo post

Edson Nery da Fonseca

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *