0
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

Por Assessoria de comunicação da Editus

A Academia de Letras de Ilhéus e a Editus – Editora da UESC promovem o I Prêmio Sosígenes Costa de Poesia. O concurso literário vai selecionar um livro escrito por autor baiano ou que tenha fixado moradia há pelo menos dois anos no estado e faz parte das ações do I Festival Literário de Ilhéus, que será realizado de 28 de abril a 1º de maio.

A obra deve ser inédita e não pode ter sido apresentada, veiculada ou publicada de forma parcial ou integral, com exceção para os casos de publicação parcial em sites, blogs ou redes sociais. A exigência se estende pelo período anterior à inscrição no concurso até a divulgação do resultado e a entrega do prêmio.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas do próximo dia 18 de fevereiro até o dia 30 de março. Para conhecer as normas, os poetas podem acessar em breve o regulamento no site www.flios.com.br e também na página www.academiadeletrasdeilheus.blogspot.com e www.uesc.br/editora.

O vencedor do concurso receberá a quantia de mil reais, o troféu Sosígenes Costa de Poesia, além da publicação do livro pela Editus – Editora da UESC.O anúncio do resultado será no dia 28 de abril, na abertura oficial do Festival Literário de Ilhéus. A divulgação do vencedor será feita também pela imprensa e estará disponível para consulta na página eletrônica do evento e seus realizadores e parceiros.

Flios – A primeira edição do Festival Literário de Ilhéus (FLIOS) é uma realização da Academia de Letras de Ilhéus (ALI) com apoio da UESC, Editus, Fundação Pedro Calmon e Prefeitura de Ilhéus. O evento terá atividades na sede da ALI e na Praça Castro Alves. A programação incluirá mesas de debate, oficinas, atividades para crianças, feira de livros, exposições e saraus litero-musicais em torno do tema Fazer Literário e Diversidade Cultural.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Comemoração do dia do bibliotecário

Próximo post

Servidores do Rio sem salário usam redes sociais para desabafar

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *