1
Compartilhamentos
Redefinição de Impressão Google+

A Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares (BCCT), localizada na favela de mesmo nome em Recife, capital de Pernambuco, está realizando uma campanha de arrecadação de fundos para garantir sua manutenção como o pagamento de funcionários, pagamento de água e luz, bem como a compra de material didático e de limpeza, cujo custo mensal total chaga a R$ 2.500,00.

Segundo Reginaldo Pereira, coordenador do projeto, a Biblioteca desenvolve atividades educacionais de incentivo à leitura, teatro, ensino de idiomas, entre outras, promovendo a inclusão social das crianças na sociedade, evitando que estas sejam corrompidas e venham a seguir o caminho das drogas.

“Essas atividades atendem em média, cerca de 100 crianças e adolescentes ao mês, possibilitando um alcance considerável aos futuros adultos que continuarão construindo a comunidade e tornando-a um lugar cada vez melhor de se viver. Buscamos com isso valorizar as pessoas e desenvolver o respeito ao próximo. Por essa razão não podemos deixar esse trabalho morrer por falta de verba”, diz o coordenador.

A proposta é que cada amigo da Biblioteca estipule um valor para sua doação no período de seis meses, o que pode ser feito por meio de depósito ou pela vaquinha online. “Queremos continuar favorecendo à comunidade com um espaço de construção coletiva e multicultural como meio de transformação do cidadão, tendo como ferramenta principal a leitura, ampliando os conhecimentos e qualificando os pensamentos”, diz um dos anúncios da campanha.

Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares fica localizada na comunidade de mesmo nome em Recife, Pernambuco. Foto: divulgação

Para participar da Rede de Amigos(as) da Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares, basta informar nome, contato, valor a ser doado mensalmente e data através do email ou whatsapp da coordenação (81 – 987859536). Para quem quer realizar um depósito, os dados são os seguinte: Razão Social: Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares, CNPJ: 05.699.639/0001-20, Agência: 1833-3, Conta Poupança: 24332-9, Variação 51, Banco do Brasil. Já a doação online pode ser feita pelo site Vakinha, clicando aqui.

A Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares

A Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares (BCCT) funciona há 13 anos no bairro que dá nome ao espaço, num atendimento regular na área de formação de leitores, literatura e ação cultural. A equipe da BCCT é formada por moradores do bairro, prioritariamente jovens. O bairro onde a biblioteca se localiza é marcado pela exclusão social e por sua luta pela conquista do território e pela melhoria das condições de vida.

A Biblioteca atua prioritariamente com crianças e jovens, atendendo a uma média de 100 pessoas por mês, com atividades diárias de mediação de leitura, empréstimo de livros, contação de histórias, aulas de línguas (francês e inglês), jogos e brincadeiras. Também realiza anualmente eventos como a Semana do Conto de Histórias, Torneio de Xadrez, Recital Poético, Temporada do Meio Ambiente, dentre outros.

A criação da BCCT foi uma iniciativa de um grupo de jovens, em conjunto com a Associação de Moradores, Clube de Idosos, Grupo Adolescer e Centro Público de Economia Popular e Solidária. À época, contou com a colaboração de uma equipe da Universidade Federal de Pernambuco, que assessorou o grupo na organização do espaço e acervo e na proposição de suas atividades. A subsistência da Biblioteca é resultado da mobilização de recursos junto a uma rede de amigos e também com a participação em editais e, eventualmente, parcerias com o poder público.

Através da parceria com o Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a BCCT, juntamente com as 7 bibliotecas comunitárias da Releitura, tem atuado, desde 2012, na formação de professores dos anos iniciais, realizando cursos anuais para mediadores de leitura e contribuindo para a organização, dinamização e reestruturação de bibliotecas escolares em escolas públicas municipais.

Como resultado dessa parceria com o CEEL e Releitura, também é realizada, anualmente, a Feira de Leitura do Centro de Educação da UFPE, que em 2019 terá sua 6ª edição. Esse grupo também tem produzido material didático, a exemplo da publicação do livro Abriu-se a biblioteca e da Revista Literatura e Arte no ciclo de alfabetização, disponíveis online no portal do CEEL. A biblioteca também participa regularmente do Festival Recifense de Literatura e integra a equipe que coordena anualmente a Feira de Leitura do Centro de Educação da UFPE.

Cursos online de qualificação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Acesse!

Comentários

Comentários

Postagem anterior

Quais são os cinco passos para você viver da biblioterapia

Próximo post

Literaturas brasileira e moçambicana se encontram em coletânea